baner



Enviar por E-mail

Desenvolvimento/Implementação do projeto

- As escolas interessadas deverão fazer a sua inscrição no portal http://educamedia.educatic.info/ na secção “Malta, Câmara em ação”.
- Serão disponibilizados manuais online de programas de edição de vídeo, assim como apoio técnico por parte da DSIFIE, para realização dos programas, disponibilizando um estudo para o efeito.
- Caberá a cada escola dinamizar os seus programas com temáticas por elas decididas.
- O registo /captação do programa deverá ser feita na generalidade dos formatos de fotografia (JPEG) e vídeo digital (AVI, MOV, MP4) em uso corrente. Alguns formatos semi-proprietários como FLV e AVI poderão sofrer alterações significativas durante a importação e conversão.
- Dado que as fotos e vídeos serão vistos em ecrã de televisão, recomenda-se que tenham uma resolução mínima de 720x576 pixels (análoga à resolução de uma câmara de 1.3 megapixels) e proporções 16:9. Para vídeo, são considerados ideais bitrates entre 700 Kb/s (Standard Definition) e 2 Mb/s (High Definition). O serviço aceita para conversão vídeo em 1080p ou 720p.
- Cada escola inscrita terá de selecionar até 5 dos seus programas, com a duração máxima de 30 minutos cada, por período para participarem no Desafio da TV,
- Será selecionado de entre todos os trabalhos apresentados pelas escolas, um programa por período para posterior divulgação em programa de TV difusão a nível Regional (aguarda confirmação).

Início
Prevê-se o arranque e apresentação para final de outubro. Após esta primeira abordagem deverão ser feitas reuniões para a definição de trabalho e articulação com as escolas aderentes.

Vantagens de participar em um projeto desta índole
Através da plataforma Educamedia os participantes (docentes, alunos, coordenadores TIC, orientadores de clubes etc.) terão a oportunidade de difundir os seus trabalhos em formato vídeo, utilizando novas ferramentas de comunicação e informação, para além da adquisição de conhecimentos de uma forma lúdica e aliciante.

Permite ao professor:
• Gravar a aula e disponibilizar-lha na TV escola e posteriormente na internet;
• Gravar vídeo com os alunos sobre algum tema de interesse e disponibiliza-lo para posterior feedback;
• Divulgação dos trabalhos desenvolvidos dentro da sala de aula e outros eventos da escola através do canal TV;

Permite ao aluno ter em atenção:
• Vícios de oralidade;
• Exploração dos direitos de autor;
• Conhecimento da Influência dos media na formação da opinião pública;
• Utilização de novas ferramentas de comunicação e informação;
• Motiva os alunos para novas formas de trabalho e desenvolve a sua criatividade, dinamizando a comunidade escolar;
• Oferece aos alunos a possibilidade de serem comunicadores invertendo a sua habitual posição de recetores de informação, o que geralmente é encarado como um desafio (entrevistas, apresentação de programas, …);


Contextos/atividades para os quais podemos utilizar esta ferramenta nas escolas?
Preparação de programas sobre lendas regionais, histórias, animações, documentários sobre diversos eventos da escola, elaboração de material em formato vídeo para complementar as aulas, divulgação de informações e comunicações, apresentação de trabalhos realizados noutros projectos, entre outras.