linguagem cpia2

O filme expressa-se no movimento, tanto na mobilidade da câmara como do movimento dos seus elementos imagísticos, a isto não podemos esquecer as emoções interiores. A câmara deve captá-los numa “fidelidade própria de um filme”, quer seja no cinema, no vídeo ou televisão.
A obra cinematográfica ou a reportagem televisiva atenua tudo quanto existe no espaço real ao nível da representação. No entanto, deve incluir os espectadores na sua acção, criar semelhanças.
Para que esta envolvência emocional e racional sejam possíveis, é necessária a utilização de diversos elementos fundamentais, que constituem a linguagem audiovisual.

O Plano
Em cinema Plano, é um trecho de filme rodado ininterruptamente, ou que parece ter sido rodado sem interrupção. No entanto, se na montagem a cena filmada sem interrupção é cortada em determinado ponto (por exemplo, para intercalar um pormenor) teríamos assim, pelas mesmas razões, três planos: a primeira parte da cena em questão, o pormenor intercalado, a segunda parte. A isto podemos chamar um plano de montagem.
Por outro lado um plano também uma série de imagens com uma determinada duração que, quando montados e colados todos juntos, constituem a obra final. Há planos que duram um segundo (chama-se flashes), mas também há os que duram vários segundos e até minutos.
 
A Cena
Uma cena é um conjunto de acções que se efectuam no mesmo lugar, ou seja, o conjunto de planos cuja acção é contínua e decorre numa relativa unidade de tempo e espaço, constitui as cenas e as sequências; o conjunto das sequências constitui a obra final ou reportagem.
 
O Enquadramento
Enquadramento, é a imagem que aparece no visor da câmara, ou tecnicamente, os limites laterais, superior e inferior da cena filmada. É preciso acentuar que, a variação da longitude da câmara à cena filmada, por meio de movimento, não significa uma mudança de plano, mas simplesmente, dentro do mesmo plano, a variação do enquadramento. Assim, os diferentes enquadramentos classificam-se por: plano muito geral, plano geral, plano conjunto ou inteiro, plano americano, plano médio, plano aproximado de peito, grande plano, muito grande plano e plano de detalhe.
O enquadramento permite dirigir a atenção do espectador, isolar um protagonista da história, dar relevo a um detalhe, permitindo animar a cena em função do objectivo e do jogo psicológico.

Educamedia
  
:

Este website utiliza cookies para garantir que obtém a melhor experiência no nosso website.
Ok