enquadramento1

Plano Muito Geral
Se quisermos enquadrar o espectador no espaço, pode-se começar a reportagem com este plano para se obter outra panorâmica. Tem também como finalidade oferecer uma visão vasta do terreno onde se desenvolve a história ou para enquadrar um indivíduo no ambiente que o circunda. 
 
Plano Geral
Aproxima-se do plano muito geral, só que dá maior clareza aos pormenores da acção humana e menos importância ao ambiente em que está enquadrada. Desta forma, às vezes é essencial para que o espectador possa concentrar a sua atenção na acção de cada indivíduo separadamente.
Este plano apresenta o espaço onde se desenrola a acção, os intervenientes e os seus movimentos.
 
Plano Conjunto
Permite ao espectador assistir à acção de dois, ou mais, indivíduos. Possibilita o acesso a qualquer movimento, desde a expressão facial aos movimentos com as mãos e pés. O plano pode também mostrar uma paisagem (cidade, selva, campo etc.).
 
Plano Americano

Este plano é um posicionamento de câmara muito utilizado no cinema e vídeo. Permite que se tenha a imagem quase completa de determinado indivíduo, aproximando o espectador de possíveis pormenores. No entanto, os movimentos dos pés não são incluídos. Facilita a visualização da movimentação e reconhecimento das personagens. É chamado assim porque foram os norte-americanos que difundiram este estilo de plano nos seus filmes de faroeste, onde a câmara deveria mostrar a expressão do actor e também a arma que tinha na cintura.
 
Plano Médio
Este plano mostra um indivíduo até à zona da cintura, tornando-se mais reduzido que o Plano Americano. A maior parte do fundo é eliminada, conseguindo-se deste modo que a figura humana se converta no centro da atenção. O plano médio caracteriza a acção individual, sobretudo dos braços e das mãos.

Plano Aproximado de Peito
Este plano proporciona ao público uma maior proximidade em relação a um objecto ou pessoa. Pode-se aplicar este isolamento visual para revelar ou salientar o carácter, as intenções ou atitudes do indivíduo em questão. É o mais correcto na filmagem de diálogos.
 
Grande Plano
Este plano torna mais claro os pormenores, caracteriza e revela, personifica e simboliza.
Os grandes planos, sobretudo de rosto humano, devem ser utilizados apenas quando a narrativa o obrigar. São essenciais para atingir a máxima intensidade e captar a expressão do interlocutor.
 
Muito Grande Plano
Neste caso o enquadramento isola uma parte do rosto, incluindo o queixo e parte da testa e do cabelo do indivíduo. Este plano tem grande força expressiva, no entanto devem ser utilizados com alguma prudência.
 
Plano de Detalhe

Também é chamado Plano de Pormenor. Este plano mostra uma parte do corpo ou objectos por exemplo, um olho, uma boca, o galho de uma arvore o ponteiro de um relógio.

Educamedia
  
:

Este website utiliza cookies para garantir que obtém a melhor experiência no nosso website.
Ok